Em evento restrito, o G.R.E.S. Estácio de Sá lançou o seu enredo para o próximo carnaval

O Berço do Samba reeditará o samba enredo de 1995. “Cobra Coral, Papagaio Vintém. #VestiRubroNegro não tem pra ninguém” será desenvolvido pelos carnavalescos Wagner Gonçalves e Mauro Leite.
Na presença de Marcos Braz, diretor de futebol do Flamengo, o presidente da agremiação, Leziário Nascimento, anunciou o enredo.

“A direção sugeriu a reedição do samba enredo porém o desenvolvimento terá um novo olhar, inclusive com as conquistas mais recentes do clube”, disse Wagner Gonçalves, carnavalesco do Berço do Samba.

Ao ser perguntado sobre a responsabilidade de unir duas paixões do sambista carioca, Mauro Leite, também carnavalesco da Estácio de Sá, respondeu:

“O enredo facilita o trabalho, porque as pessoas já são apaixonadas por samba e futebol, por outro lado há o desafio de trazer algo novo”

Com o objetivo de trazer o samba enredo para atualidade e a narrativa do enredo para uma linguagem contemporânea, o verso que citava o centenário do clube será substituído por “Campeão da nova era”. Confira a letra completa.

O céu rasgou
Na noite que reluzia
Um show de estrelas
Brilhou nos olhos
De um novo dia
A poesia
Enfeitada de luar
Encantou o Estácio (ó paixão)
Paixão que arde sem parar

É Mengo tengo
No meu quengo é só Flamengo
Uh! Tererê
Sou Flamengo até morrer

Seis jovens remadores
Fundam o grupo de regatas
Campeão o seu destino (ô)
É ganhar em terra e mar
Fazendo sol
Pode queimar, pode chover
Vou ver Fla-Flu
Fla-Vas vou ver
Diamante negro, Fio Maravilha
Domingos da Guia, Zizinho, Pavão
Gazela negra
Corre o tempo no olhar
Será que você lembra
Como eu lembro o Mundial
Que o Zico foi buscar
Só amor
Na alegria e na dor (ô ô)
Parabéns dessa galera
Campeão da nova era

Cobra-Coral
Papagaio Vintém
Vesti rubro-negro
Não tem pra ninguém

Composição: Adilson Torres / Caruso / David Correa / Deo

Adaptação 2021: Departamento Musical G.R.E.S. Estácio de Sá

Rodrigo Pacheco assume como Superintendente de Carnaval da Lierj

Em meio à pandemia causada pelo novo coronavírus e as incertezas que cercam o próximo Carnaval, a LIERJ (Liga das Escolas de Samba do Rio de Janeiro) vem buscando ajustar e estruturar sua equipe visando os trabalhos. Na manhã desta quinta-feira, 15, o Presidente Wallace Palhares anunciou Rodrigo Pacheco como Superintendente de Carnaval da instituição que administra os desfiles das Escolas de Samba da Série A.

– Eu sempre disse que o Carnaval precisa ser repensado e acredito muito que este seja o momento ideal. Precisamos encarar este período de incertezas e trabalhar focado no novo Normal. Vejo sempre o lado positivo das coisas e talvez essa seja a virada de chave que há tempos o carnaval precisa. Sou movido a desafios e tenho certeza de que faremos um grande avanço com a Lierj – Destacou Rodrigo.

Rodrigo Pacheco é conhecido no mundo do samba por ter desempenhando um trabalho de destaque, primeiro como Diretor Administrativo e posteriormente como Vice-Presidente Executivo da Mocidade Independente de Padre Miguel.