Notícias

Logo Carnaval 2018

Reservas de frisas para o Carnaval 2018 da Série A começam em 12 de dezembro

Logo Carnaval 2018A Liga das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Lierj), em parceria com a Central de Atendimento e Vendas da Liesa, inicia no dia 12 de dezembro o período de reserva de frisas para os desfiles de sexta-feira e de sábado de Carnaval da Série A para 2018.

Os interessados em adquirir um box de seis lugares devem enviar um fax para o número (21) 3032-0099, a partir da data estipulada, entre 9h e 13h, com as seguintes informações: nome, CPF, telefone para contato, setor pretendido, fila de preferência (A, B, C ou D) e data do desfile (sexta-feira, sábado ou ambos os dias).

As frisas em todos os setores, na fila A, custam R$ 1.200, enquanto o espaço nas filas B, C ou D saem a R$ 750.

A relação com os contemplados estará disponível no dia 19 de dezembro através do telefone (21) 2233-8151. Os pagamentos devem ser realizados nos dias 20 e 21 de dezembro na Central de Vendas, que fica na Rua da Alfândega, 25, lojas B e C, no Centro, entre 10h e 16h.

Já as vendas de ingressos de arquibancadas estão previstas para janeiro de 2018.

Outras informações podem ser obtidas através do telefone (21) 2233-8151.

capa cd

Lierj promove confraternização entre os sambistas para apresentar o CD da Série A

capa cd

A Liga das Escolas de Samba do Rio de Janeiro reúne os sambistas e admiradores do Carnaval carioca na tarde deste domingo (26) para uma confraternização de lançamento do CD com os sambas de enredo da Série A para o Carnaval de 2018. O encontro acontece na quadra do G.R.E.S. Acadêmicos do Salgueiro, que cedeu gentilmente o espaço.

“Infelizmente, a dificuldade financeira vem influenciando diretamente o dia a dia das escolas de samba da Série A. Por isso, mesmo que não tenha sido possível organizar uma festa como nos últimos anos, contamos com a ajuda dos parceiros para, ao menos, reunir os representantes das escolas para uma animada confraternização”, ressalta o vice-presidente da Lierj, Renato Thor.

O encontro, restrito a convidados, começa às 12h e contará com apresentações das 13 agremiações que fazem parte da Série A. Haverá, ainda, promoções nas redes sociais da Lierj. Os interessados em comparecer devem ficar atentos ao Facebook (www.facebook.com/lierj), ao Twitter (www.twitter.com/LierjCarnaval) e ao Instagram (www.instagram.com/lierj).

O CD já está sendo vendido e executado nas mídias digitais. A distribuição para as lojas também já começou. A relação completa dos lugares onde é possível adquirir o produto está disponível no site www.lierj.com.br.

capa final

Confira os locais de venda do CD Sambas de Enredo – Carnaval 2018 – da Série A

Lojas online:

Livraria da Folha

Lojas físicas:

Rio de Janeiro:

  • Livraria da Travessa
  • BrittShop Rio (Aeroporto do Galeão)
  • Tele Bel Eletrodomésticos (Barra Mansa)
  • Terminal Eletro Doméstico

São Paulo:

  • FNAC
  • Livraria da Travessa
  • Livraria Cultura
  • Livraria Leitura (Campinas)
  • Estação CD
  • Armarinhos Fernando

Outros estados:

  • Livraria Leitura (MS / PI / AP / PA / MG)

Mídias digitais (Spotify, Deezer, Google Play, iTunes, etc):

https://va.lnk.to/Sambasdeenredocarnaval2018

Outros:

Quadras das escolas de samba da Série A
(consultar individualmente cada uma para instruções)

 

capa cd

CD Sambas de enredo – Carnaval 2018 – da Série A chega às lojas na próxima semana

cap cdO CD oficial com os sambas de enredo do Carnaval de 2018 da Série A da Lierj chega às lojas físicas e digitais na próxima semana. A previsão é de que, até o dia 19, já seja possível adquirir tantos as faixas individuais, através do Play Store, para Android, e da Apple Store, para iOS, quanto o disco completo em lojas espalhadas pelo país.

Antes disso, a partir desta sexta-feira (10), o folião poderá se antecipar e adquirir o CD junto às escolas de samba da Série A. As 13 agremiações já começaram a receber o produto e poderão iniciar a distribuição para as comunidades.

O CD contém 13 faixas com todos os sambas de enredo oficiais do Carnaval de 2018 da Série A da Lierj.

logo-lierj

Carta aberta à população do Rio de Janeiro

logo-lierjPrezado cidadão do Rio de Janeiro,

Hoje, infelizmente, parece que o Carnaval perdeu a importância como propulsor da cultura popular, do turismo e da geração de renda para a cidade do Rio de Janeiro. A Prefeitura, visando cortes de verbas, tenta podar uma das poucas fontes de alegria e exaltação de um povo que enfrenta dificuldades em todos os setores da sociedade.

A exatos 101 dias dos desfiles, as escolas de samba da Série A receberam o comunicado da Prefeitura de que haverá redução de 50% da verba de incentivo cultural para o Carnaval de 2018. Ressalta-se que o valor dessa subvenção representa aproximadamente 80% dos recursos financeiros que são utilizados para a realização do desfile.

O revés chega em um momento onde o nível do espetáculo atingia patamares crescentes de qualidade, elogiados tanto pela mídia quanto pelo público que acompanha os desfiles, seja no Sambódromo ou pela televisão. Muito além dos 55 minutos apresentados na avenida, cada uma das 13 escolas engloba o sustento, o lazer e a motivação de milhares de pessoas. Trabalhadores humildes emprestam um pouco da arte e do talento para que um enorme espetáculo cultural possa encantar cariocas e turistas.

Mesmo assim, vamos manter a cabeça erguida. Apesar de toda preocupação, temos a certeza de que as pessoas jamais deixarão de acreditar no Samba. Partilhamos da tese de que é ele o melhor remédio para as angústias e problemas do cotidiano.

Os memoráveis representantes da velha-guarda continuarão colocando as vestimentas impecáveis, enquanto os ritmistas seguirão os incansáveis ensaios para que o samba fique na cadência perfeita para embalar a dança do casal de mestre-sala e porta-bandeira que tão bem reverencia o pavilhão de cada agremiação. Não podemos esquecer, ainda, das nobres mães baianas, que tratam cada folião como um verdadeiro filho.

Quem diria que o Samba, um dia, seria considerado o “Maior Espetáculo da Terra”, atraindo mais de 2 milhões de turistas para a cidade no período? Não se olvide que o Carnaval, representado pelas escolas de samba, é mais do que um produto cultural de consumo interno. Ele é propulsor de uma rica indústria criativa, que tem nas agremiações e na cultura carnavalesca verdadeiros bens de exportação, valoráveis do ponto de vista do turismo, geradores de incremento na renda circulante, de investimentos na cidade e de grande visibilidade institucional.

O Carnaval, sem sombra de dúvidas, é a festa popular que causa maior impacto positivo na economia da cidade do Rio de Janeiro, injetando e fazendo circular milhões de reais todos os anos, pois, além de elevar as taxas de ocupação do setor hoteleiro, desenvolve a produção e o lucro de outros setores, como comércio e serviços.

Em síntese, o Carnaval da Série A é realizado graças ao enorme esforço, criatividade e dedicação de profissionais que transformam o amor pelo samba em verdadeiras obras de arte populares. Cada fantasia finalizada gera uma felicidade incalculável para uma família, uma vez que a grande maioria é destinada gratuitamente para a comunidade. Não são raros aqueles que aguardam ansiosamente o ano inteiro pelo dia do desfile para que possam, ao mesmo tempo, brincar e se orgulhar de defender a escola do coração na busca pelo campeonato. No desfile, não existe coadjuvante. Cada membro é peça fundamental na história contada pela agremiação!

Temos a certeza de que, independentemente de qualquer obstáculo, não vamos deixar o povo na mão. Cada integrante vai desfilar com ainda mais garra e dedicação para mostrar a força que representa o pavilhão. Todos estarão unidos para garantir, seja em 2018 ou nos próximos quatro anos, a nota 10 em quesitos fundamentais, como o respeito, a arte, a cultura, o trabalho, o lazer e, principalmente, a emoção.

O samba pode até agonizar, mas, jamais irá morrer.

Atenciosamente,

Liga das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (LIERJ)
G.R.E.S. Unidos do Viradouro
G.R.E.S. Estácio de Sá
G.R.E.S. Unidos de Padre Miguel
G.R.E.S. Unidos do Porto da Pedra
G.R.E.S. Acadêmicos da Rocinha
G.R.E.S.E. Império da Tijuca
G.R.E.S. Acadêmicos do Cubango
G.R.E.S. Inocentes de Belford Roxo
G.R.E.S. Renascer de Jacarepaguá
G.R.E.S. Acadêmicos do Sossego
G.R.E.S. Acadêmicos de Santa Cruz
G.R.E.S. Alegria da Zona Sul
G.R.E.S. Unidos de Bangu

OBS: Assinam a carta todas as 13 agremiações da Série A. A original desta, com as devidas assinaturas, encontra-se na sede da entidade.

cap cd

Confira a capa do CD “Sambas de enredo – Carnaval 2018” da Série A da LIERJ

A Lierj apresentou nessa quinta-feira (28) a capa do CD com os sambas de enredo da Série A para o Carnaval de 2018. O disco está em fase de masterização e tem previsão de chegar às lojas físicas e digitais no mês de outubro.

Confira a capa:

cap cd

logo-pesar-300x300_lierj

Nota de pesar – Ricardo Almeida Gomes

logo-pesar-300x300_lierjÉ com extremo pesar que a Lierj recebeu na manhã desta quarta-feira (27) a notícia da morte do ex-presidente da São Clemente, Ricardo Almeida Gomes. A diretoria da entidade manifesta aos familiares e amigos as mais profundas condolências.

bangu

Confira o samba-enredo da Unidos de Bangu

banguA Unidos de Bangu definiu o samba-enredo que levará para a Sapucaí no Carnaval 2018. A obra escolhida leva a assinatura dos compositores Diego Nicolau, Dudu Senna, Richard Valença, Renan Diniz, Orlando Ambrósio, Rafael Tinguinha, Rafael Prates, André Kaballa, Marcio de Deus, Washington Motta e Ivan Câmara.

Confira o samba-enredo:

A LINDA LUA DE ÁFRICA
VAI REFLETIR, NA TUA PELE (NEGRA)
SOMOS HERDEIROS DO ALAFIN DE OYÓ
O ELO MAIOR COM A NATUTEZA
OLHAR DE SERPENTE, NOBREZA DE RAÇA
QUE QUEBRA A CORRENTE
E NÃO SE ENTREGA NÃO
TEM A VALENTIA DE UM LEÃO
BRILHOU…
NOS OLHOS O FOGO ANCESTRAL
ALUMIANDO O RITUAL
O CÉU E O MAR, ORUM E AIYÊ
SE UNEM PRA TE PROTEGER

ÔÔÔÔ CALUNGA É DOR
É UM CLAMOR POR PIEDADE
Ê MARÉ! QUE DANÇA
Ê MARÉ! BALANÇA O TUMBEIRO
VELHO PRISIONEIRO DA DESIGUALDADE
OCEANO INTEIRO É PRANTO DE SAUDADE

O BRADO DE AGOTIME ECOAVA
RAINHA, MÃE NAÊ DO AGONGONÔ
GALANGA VIROU CHICO-REI
PALMARES É O MEU YLÊ
TEM FESTA NO QUARITERÊ
SEGUINDO EM DEVOÇÃO EU VOU
AO ÉBANO ALTAR DA “GINGA”
TOQUE DE CABAÇA ENFEITIÇADO
EU QUERO VER O NEGRO SER COROADO
NO PORÃO DA FÉ ÔÔÔ
LEVA AFEFÉ, MEU AFÃ (PRO MAR)
E ETERNIZA ESSE CANTO YORUBÁ

EABADEIAIA
IAIA AIÊ EABADEIAIA EIAIÁ
EABADEIAIA
IAIA AIÊ EABADEIAIA BANGU VAI CANTAR!

imp

Conheça o samba-enredo do Império da Tijuca para 2018

impO Império da Tijuca já tem samba-enredo para o Carnaval 2018. A obra escolhida foi a dos compositores Márcio André, Elson Ramires, Núia Rodrigues, Paulo Lopita 77 e Samir Trindade.

Confira:

QUANDO NANÃ GEROU
ENTREGOU SEU FILHO A YEMANJÁ
COM TODO AMOR ELA CUIDOU
E LHE CUROU, NA IMENSIDÃO DO MAR
SALVE O ESPLENDOR BRILHANTE DA MANHÃ
DO FILHO ILUMINADO DE OXALÁ E NANÃ
ELE VOLTOU…
CAÇADOR, FEITICEIRO E BOM DE GUERRA
BATIZADO, SENHOR DO SOL E DA TERRA

OBALUAIÊ JÊJÊ NAGÔ, É OLUAIÊ, CHAMA E CALOR
A CURA DE TODO MAL COBRIU NA PALHA
PODE TER FÉ A MAGIA DO VELHO NÃO FALHA

SAPAKTÁ TRIBO DOS ANCESTRAIS
REINAM MÃES SENHORAS E OS ORIXÁS
OSSAIN NAS FOLHAS O PODER
IROKO, YEWA, ARROBOBOI OXUMARÊ
EU QUERO VER OMOLU DANÇAR
NO OPANIJÉ COM O SEU XAXARÁ
TEM PIPOCA NO ALGUIDAR, MANDIGUEIRO
SINFONIA IMPERIAL CHEGOU NO TERREIRO
ATÔTÔ BALUAIÊ MEU PAI VEM NOS VALER
O BANQUETE PARA O REI VAMOS TE OFERECER
ESPELHO DE GENTE GUERREIRA
QUE DÁ O SUOR NA LABUTA, E FAZ OLUBAJÉ
NO IMPÉRIO DA TIJUCA

ARALOKO, ARALOKO PAJUÊ
Ê PAJUÊ Ê PAJUÊ
VEM O MORRO DA FORMIGA, VEM PRA VENCER

estacio 20

Estácio de Sá já tem samba-enredo para o próximo desfile

estacio 20A Estácio de Sá realizou nesse final de semana a final de samba-enredo para definir a obra que levará para a avenida no próximo ano. Venceu a parceria dos compositores Alexandre Naval, Filipe Medrado, Luiz Sapatinho, Pelé, Thiago Sousa, Rodrigo Armani e Diego Tavares.

Confira o samba-enredo:

RAIOU O ESPLENDOR DE UM NOVO DIA
A MELHOR MERCADORIA TENHO AQUI PRA OFERTAR
EU SEI, TUDO TEM O SEU PREÇO
GANHEI O TEU APREÇO, VIM DE ALÉM MAR
DO ESCAMBO NASCE UM LAÇO DE UNIÃO
E O NATIVO É PROTETOR DO NOSSO CHÃO
VI NESTA CIDADE, A NEGRA FORÇA QUE LUTOU POR LIBERDADE
E EM AQUARELA RETRATEI SER VENDEDOR É UMA ARTE

QUEM VAI QUERER? QUEM QUER COMPRAR?
TEM ALEGRIA, AMOR, PODE CHEGAR
DE PORTA EM PORTA LEVO O MEU TESOURO
SOU O POVO! SOU ESTÁCIO DE SÁ!

O IMIGRANTE TRAZENDO ESPERANÇA APORTOU
TRABALHADOR, BRAÇO FORTE DA NOSSA NAÇÃO
E NO “ME DÊ ME DÁ”, COMÉRCIO POPULAR
NA FEIRA LIVRE TEM DESCONTO PRA VOCÊ
E NO “ME DÁ ME DÊ”, NO “TOMA LÁ, DÁ CÁ”
“BALANGANDÃS E JÓIA RARA” PRA VENDER
EU SOU MERCADOR DESSA FOLIA
SAMBISTA “DE BERÇO”, DE CORPO E ALMA
NA ERA DA MODERNIDADE
SOU TRADIÇÃO, UMA ESCOLA DE VERDADE

BOTA BANCA NA AVENIDA… MEU LEÃO
BATE NO PEITO, DESCE O SÃO CARLOS
É MEU ORGULHO MAIOR… “DEIXA FALAR”
PRA SEMPRE VOU TE AMAR